terça-feira, 29 de junho de 2010

"K" - dos cás cás cás que me irritam

Essa linguagem que surgiu com o desenvolvimento da tecnologia é uma piada, muitas vezes de mau gosto, vamos combinar.
A compreensão vai acontecendo aos poucos, aprende-se e apreende-se, muito lentamente o que é de bom-tom e o que não é.
Texto em caixa-alta, por exemplo, é grito e só insiste em elaborar um assim, os que gritam teimosia.
Aquelas abreviaturas chatérrimas e que agora (mordi a língua), meio que aprendi a usar no twitter, também são um porre num e-mail ou num texto de um blog como esse aqui. No twitter parece que fica mais leve, sei lá, e tudo bemmm.
Aqueles sinaiszinhos... não consigo aprender, nem me esforço muito, pra dizer a verdade; vivo bem sem eles.
Ocorre que o uso excessivo dos "cás" me dá um nó na tripa que não tem tamanho.
Se pudesse, excluiria essa letra do alfabeto. E que me perdoem as Kyaras (uma é até minha sobrinha), as Karinas e os Kevins (se bem que o Costner é um tesão, tipo
guarda-costas que toda mulher esperta desejaria ter. Mas isso é papo-furado de gente que acha que sabe fazer piadinha... dãnnn).
Tem algo mais irritante que conversar com alguma pessoa no msn, por exemplo e METADE do que ela escreve usa a letra cá? Cliente então, pô? Dá licença, não preciso disso.
"Rosana, komo faço, Kabi citação aki?" Ãhãnnn, senta lá, Claudia. Kabi??? Depois eu sou a mal-educada, a intolerante, a sem paciência. Komo ter paciência com um trem desse, me explica?
Ímpio total.
Quer acabar comigo? Então ria assim: kkkkkkkkkk e juro, se tiver como, mato.
"K", na escrita diária, pô, só se for katakana... só se for, porque eu não sou fácil não, seu Lampião.
.

9 comentários:

Priscila disse...

Quase que ri aqui com kkkkkkkkk, mas tenho amor a minha vida.

Rosaninha, kabi é praticamente a visão do inferno. pena que hoje em dia até casa virou kza.

Vai entender!!!

bjsss

Rosana Tibúrcio disse...

E cê num riu kkkkk, não né? Ãhãn, senta lá Claudia...

Kza assim? nó, dá vômito.
Aqui perto de casa tem uma padaria que se chama: "Skina do pão"... hahahaha eu viro do avesso!!

Apoena Míope disse...

Numa cidade do interior de SP, KKKK é o nome de um prédio onde fica uma associação dos japoneses e descendentes deles.

Lá, é mais que perigoso rir assim! (sorrio)

Duvida? - http://www.registro.sp.gov.br/kkkk.asp

Rosana Tibúrcio disse...

Ahhhh vou nesse site depois, tô nem acreditando...

Palmitos e Cogumelos disse...

Jajajajajaja
Aprendi a rir assim com exequiela.
Mantenha a calma, o outro sempre está fora do alcance. Mas é bom ler umas coisinhas pra pensar: Será que eu quero ser do tipo que escreve Kabi...
Uma questão porque Kabi no lugar de cabe (tem o mesmo numero de letras...)

Rosana Tibúrcio disse...

Sempre quis saber o que era jajajajaja, nunca tive coragem de perguntar, Carolzinha.
Olha só... rs

Sr.Apêndice disse...

HAuiehaheiuah...

Muito boa a krítika, opa, crítica...

:D

Rafael Freitas disse...

Alô! Marcelo?!

kkkkkkkkkkkkk

Rosana Tibúrcio disse...

Se é que o cara tem esse nome mesmo, né? hauahauhs