sexta-feira, 24 de abril de 2009

Eu comigo

Por Zarico, meu pai

12 comentários:

Flávia Jorge disse...

Olha esse Zarico, que danado!
Deve ser bem bom ter um pai talentoso assim, né...
Arrasou no quadro da dona Rosana...

FANTA!

umdiasereieumesma disse...

Rosanita, eu é muito bom mesmo!
Delícia ter o retrato feito pelo pai. Bjs

Luiz Castello disse...

Que beleza, um pai artista.
Uma das frustrações da minha vida (quem não as tem ?), é não saber desenhar nada, nem mesmo um simples gatinho.Quando tento sai tudo desproporcional, um verdadeiro felino franksteiniano, hehe.
Parabéns para seu Zarico, e meu beijo fraterno nocê.
Castello

LauraReis. disse...

também não sei desenhar nem um sol./

;(

LauraReis. disse...

também não sei desenhar nem um sol./

;(

Moça do Fio disse...

Uau!!

Tem alguém normal nesta família? O pai desenha, a filha e a neta escrevem...

Ô genética porreta!! ;-))

Beijim!

Jéssica Amorim disse...

M.A.R.AV.I.L.H.O.S.O.!!!!!!!!!!
Dorei Rosaninha!

Rafael Freitas disse...

Caramba!
Ficou bom hein, mainha?!

Rosana Tibúrcio disse...

Gente, o meu pai é bom de serviço, mas a modelo ajuda... hehe

Rosana Tibúrcio disse...

Eu, antes de pintar (sim, moçada, eu tenho alguns quadros pintados por mim), fique um ano aprendendo a desenhar, porque a única coisa que eu sabia fazer era uma casinha, e muito mal.
Aprendi a desenhar bacana, desenhava rostos, frutas, paisagens, livros, panelas e blablablasss.
Há anos não desenho. Resultado? Voltei a desenhar apenas a tal casinha mal feita.
Ou seja: não sou uma desenhista nata. Era uma insistente...

Milena Tibúrcio disse...

Nossa, vovô arrasou!!!! Será que ele vai fazer dos netos? E bisnetos?? rsrs

Rafael Freitas disse...

Tava reparando agora: o vô pintou até seus cabelos brancos, mainha!

haha