sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Sua verdade? Engula!!

Alguém poderia me dizer qual seria a atitude mais correta a ser tomada em relação a algumas pessoas que cismam verbalizar "verdades " a nosso respeito?
Não importa se essa verdade é bacana ou não para a nossa vida; se pensam ou não o melhor para nós.
Explico.
Nesse final de ano senti que meu nome andava nas bocas de Matildes-Tibúrcios-e-Silvas com uma firmeza tão longe da realidade vivenciada por mim que me causou um certo espanto.
E eu, não sendo burra, graças a Deus, percebi que as frases ouvidas nos dois dias, de duas pessoas diferentes, não foram construídas ali naquele diálogo; elas já estavam nas cabeças dos sabichões há muito tempo.
Como assim, as pessoas traçam qual melhor caminho devo seguir, profissional ou não, sem saberem o quanto de sal eu como todo dia?
Na “verdade” do primeiro dia percebi uma ignorância quase cultural de quem pensa saber o que seria melhor para mim; exatamente o quê realizei na minha vida e por que não realizei mais (você não fez a coisa completa... hô hô hô ...) ô dó, só rindo!!
Na “verdade” do segundo dia percebi uma puta (perdão da palavra, mas não cabe outra aqui) ignorância, bem específica, da realidade da minha vida. O que é pior, inclusive.
Seria preciso, por exemplo, eu andar com algum documento na testa indicando o valor da grana que não tenho, das contas que tenho pra pagar, para uma ou outra pessoa deixar de imaginar o que é melhor pra mim sem, ao menos, conhecer a minha verdade?
Resolver a vida do outro é fácil, sobretudo, se pensamos saber o que o outro realmente vive, passa, sente, tem, planeja...
Nos dois casos eu não estava pedindo opinião de ninguém, a propósito. Se tivesse, qualquer merda ouvida era "bem feito" pra mim. Quem mandou pedir conselho? Porque existe a história da gente pedir conselho e depois reclamar da “verdade” (mas isso é papo pra outro post).
Minha reação aos fatos, alguém adivinha? Impaciência total!!! Puro ímpio!!!!
Agora, se alguém tiver uma receita mais eficaz permito (nesse caso, veja bem, tô pedindo uma opinião e contando fatos) que me dêem.
E agradeço!!
.

3 comentários:

deusadovinho23 disse...

"Pimenta no "cú (melhor do que o olho) não arde."

Polly disse...

Quero dizer:

DEixem a Rosana em paz, porra do caralho!Vão cuidar da vida de vcs, bando de idiotas!

Era isso que eu queria dizer.

Ai que raiva deles!

Rafael Freitas disse...

Eu tenho uma receita: acho que a sra deveria se mudar pra Brasília e fazer um curso especializado pra passar nos concursos.

#falomesmo