sábado, 16 de agosto de 2008

Simples assim

Quando criei este blog e mesmo nos outros que tive, nunca pretendi me tornar uma escritora. Pensar ou desejar que, de repente, eu fosse brilhar nas letras e na escrita só porque tenho um blog.
Eu me recuso a criar textos dúbios ou parafraseados pretendendo que me descubram inteligente e com um super talento a contista ou poeta.
Não sei se é a idade, mas a cada dia que passa eu tenho menos paciência para ler coisas do tipo: "foi preciso que me faltasse sua essência para lembrar que tive sua presença e não soube, não soube..." ou "num dia explendoroso (sic) havia tempestade interior; no de tempestade, o ímpeto finado" Isso é a "morte" e me dá um nó na tripa. E me divirto também, confesso, com os pseudo-inteligentes
Então prefiro ficar com meu bloguinho aqui que fala de coisas do dia-a-dia, das impressões e sensações que tive e tenho sobre determinadas coisas ou pessoas; de eventos culturais, amigáveis ou famíliarese; ou seja, um blog que fale de mim e de minhas gentes.
E só, me basta... é nessa trilha que vou.
Vem???

6 comentários:

Marina Reis disse...

Tem 27 anos que estou na sua trilha.
.
Amo.

Beijocas
..

Marina - a motorista. disse...

amei demais seu post no meu post heheh
Obrigada pelas lindas palavras.
.
Obrigada por poder contar com a senhora sempre.

Genisvaldo Reis disse...

Rosana, o Vinicius, o "poetinha" dizia que "quem diz sou, não é, pois quem é mesmo, não diz". parafrazear, plagiar e outros ar é mesmo uma droga (e vicia), mas isquenta qüisso não, quando a gente "tá de saco" dá pra rir ou chorar em cima disso. Simples é mais gostoso e dá pra repetir.

-Luana disse...

Simples assim!

Tem todo meu apoio!

:D

UM DIA SEREI EU MESMA disse...

Bom dia, minha amiga!!
A que vai casar é a do meio, e eu disse que farei com ela o que faço com a mais velha, que já é "casada": ficarei pensando.....sacou?
Trilhei em pleno domingo!!!

rafa disse...

adoro!

Esse 'muito falar' que não fala nada é irritante mesmo!
Depois de horas a gente percebe que é como se estivesse andando em círculos!

MORRO de preguiça!