domingo, 15 de fevereiro de 2009

M de mala-sem-alça

Como eu sou uma pessoa muito boa (e humilde) resolvi contribuir com vocês e ajudá-los a identificar um mala-sem-alça. É tiro e queda.
Não, não se assustem, há muito de mim e vocês nessa lista aí. Resta saber o que tá impregnado ou o que é apenas uma eventualidade.
Vejam então algumas características inerentes ao chato.
-Aquele a quem você pergunta como vai e ele diz que vai bem: na primeira frase. Porém, na segunda frase ele já inicia com um "mas" ou "se"... aí, minhas gentes, é só Jesus na causa...
- O que vê uma foto que você gosta e diz: "como você está feia nesta foto"; ou ainda, o que é pior: como sua filha não ficou bem aqui.
- Aquele que quase nunca abre a boca pra comentar nada e quando comenta é só na base da crítica, jamais sabe o que é um elogio.
- O que faz uma comida ou quitanda qualquer, você elogia e ele (no caso, é mais comum, ela) diz: "mas não ficou bom, dessa vez" (me vejo aí hahaha).
- Aquele que é capaz de falar mal de sua profissão, na sua frente, sem nenhum pudor, não por convicção, mas porque ouviu "alguém dizer que..." (aliás, o mala-sem-alça é quase sempre um vira-casaca).
- O que comenta seus post falando de si mesmo e não comentando o que você escreveu... nesse caso o mala começa: "eu..." (sosseguem, moçada... todos nós que comentamos em posts alheios somos um pouco isso - resta saber quem é em tempo integral).
- Aquele que na saída pra um barzinho, na hora de pagar a conta divide o valor a pagar exatamente igual ao número de pessoas que estão na mesa.
- O que te pergunta o valor de tudo que você comprou, pra depois dizer: na loja tal o preço era menos x...
- Aquele que fala: "não acredito que você assiste ao BBB, que horror" ou qualquer outro programa (filhote Rafa, não é pra você essa, viu? Se bem que você fica mala quando me critica nessas coisas do meu-gosto-pessoal-próprio-particular...hahaha).
- O que mede sofrimento: a dor dele sempre é maior, os remédios são os mais fortes, as dívidas são grandes, o salário é mínimo, no amor é só tristeza e dor e dor, e dor... (morra!!!).
- Aquele que quando você está relatando uma história te interrompe pra dizer que com a avó da vizinha da tia dele aconteceu pior, ou melhor, dependendo da situação. Quem tem esses sintomas tem os relatados acima. Aliás, as festas da casa da irmã do mala-sem-alça, não vão só umas quinze pessoas não, é de cinquenta pra cima, saca???
- Os que te encontram e dizem: “nossa como você engordou”. Observe que, se você emagrecer, ele nada dirá. Conhece um assim? Conselho aqui, se afaste, pois esse é o verdadeiro senhor-zé-mané-mala-sem-alça-chato-pra-caralho-filho-de-uma-puta-sem-amor-à-própria-vida...
- Aquela (leia-se: Rosaninha Tibúrcio) que não tem nada pra dizer de mais interessante numa letra qualquer do alfabeto e fica achando que foi engraçada ou criativa...

7 comentários:

UM DIA SEREI EU MESMA disse...

Aiai! Acabei de descobrir que, às vezes, não tenho alça nenhuma. Mas eu assisto ao BBB.Consola?
Olha eu falando de mim no post, e não comentando o "dito".Bj

Rosana Tibúrcio disse...

Oww meus amores que comentam aqui. Não falo de vocês. Até já mandei um e-mail pra Helô contando o porquê de eu ter dito isso aqui. Uma história de um outro blog antigo que tinha...

hahaha
Mas todos nós somos mala, repito.

Haline disse...

hahahahahaha... mas só podia ser a Rosana!
Como todos, eu me identifiquei em alguns pontos, fazer o que, né? A vida continua... rs
Mas tem uns absolutamente sem noção, como assim?

"Nossa, você engordou!"

É ser humano que fala isso? Tá mais pra "vaca"... rs
Coitada da vaca!

umdiasereieumesma disse...

Fica fria! Quem te lê sabe que vc é transparente o suficiente pra falar direto se preciso for. Amizade é isso. Até.

Nina disse...

Oi Mamita ..
.. li todo o alfabeto, ops quase todo e justo hoje na letra M de Mamita e Marina e apareço pra comentar.

.. Odeio malas, ainda mais sem alça.
E concordo com o comentário da Haline. Também tenho dó das vacas.

.. Agora pra mim, mala sem alça é aquela pessoa que não respeita seu medo. Você diz que tem medo de cachorro (por exemplo) e ela insiste em dizer que o tal não morde. E daí? .. vai a merda. Você tem medo do bicho. Respeito é bom e eu gosto.

,
Mamita, adorei o post e estou adorando o alfabeto.

beijocas.
.
estou pensando em ir pra Patos.

Rosana Tibúrcio disse...

Então Helô, somos um tiquim de algumas coisas aqui, né?
Ihhhhhhhhhhhh Haline, o que eu já ouvi sobre isso de ter engordado, sobretudo por pessoas que me conheceram pesando menos de 40kg. É, quando me casei eu não pesava isso.

Ninaaaaaaaa, concordo com você, até vou acrescentar no post. Um saco disso: "não morde"!!

rafa disse...

Que susto eu levei quando li sobre o BBB! haha

A sra esqueceu de falar de quem atende o celular enquanto está numa conversa.
haha