domingo, 7 de setembro de 2008

Do direito de votar

Política, ôô assunto chato e, infelizmente, presente no nosso dia-a-dia.
Agora, em tempos de novas eleições, a gente vê de tudo. Mesmo eu que abomino as tais propagandas eleitorais, não tem como ficar sem ouvir uma ou outra. Tem uma de um cara lá de Uberlândia, que o negócio dele é ônibus. Eu penso que ele já andou muito de ônibus na vida, tadinho. É um tal de baratear o preço das passagens; oferecer maior número de passagens gratuitas; só aumentar o preço da passagem se a "lei" permitir (mas isso já não é assim? rs) e por aí vai. Um saco a propaganda do moço de rabo de cavalo e que parece não saber que há algo mais além dos ônibus e passagens.
Mas tudo bem, nem é disso que pensei falar... e sim do que se vê sobre a "liberdade democrática" em algumas capitais do País. Parece que nem no tempo da ditadura era assim (ihhh, não tinha voto, nesse tempo...rs estávamos todos nós, portanto, sob as rédeas da Lei, daquele período).
Sabe-se que hoje há essa liberdade de votar e ser votado. A Constituição da República, ao tratar dos Direitos e Garantias Fundamentais, dispõe sobre o instituto do voto (artigo 14). Deveríamos, então, nos sentir protegidos para exercer esse direito, né não?
Nénão!!! Em alguns lugares não...
E aí o Governo (TRE) lançou umas propagandas - belíssimas, por sinal, com a Lavínia Vlasak, gravidinha - orientando a população a não ter medo de votar livremente... que há segurança no sistema eletrônico e tal.
Que há segurança há (espero...), mas será se essa população, aterrorizada pelos bandidos, terá mesmo coragem de desobedecê-los e votar num ou noutro candidato mais honesto ou só honesto? Tenho minhas dúvidas...
E digo, tenho receio até pela moça bonita que faz propaganda com seu neném na barriga, toda cheia de esperança e transmitindo um pouco dela pra tanta gente sem...
O melhor é saber que eu estou livre dessa turma do mal, graças a Deus; pelo menos acredito que estou. Bom seria se todos os brasileiros também se sentissem livres e, assim, poderíamos, até optar por votar naquele moço do ônibus que parece não ter uma proposta melhor, mas que tem cara de gente honesta e sem maldade.
E os políticos poderiam ser só assim: corretos. Aí, sim estaríamos devidamente representados, pois creio muito que a maioria da população do País é como eu sou: do bem.
.

8 comentários:

Genisvaldo Reis disse...

Rosana, acredito que a maioria seja realmente do bem o problema é que uma minoria é quem governa e decide. Mas as propagandas tem suas hilaridades aqui e lá. viu aquela da vice do McCain, cuja diferença com um pit bull é só o baton? Temos burrices lá e cá a diferença é que as nossas são ridículas as deles ferozes.
Agora suspeito que as propagandas do TRE estejam sendo feitas pelo Duda Mendonça, estão muito boas. Aquelas dos quatro anos, tirando aquela ridícula(não podia faltar) do cara que chora com o toque do celular tem outras muito interessantes.

Rosana Tibúrcio disse...

Eu não vi essa propaganda da mocinha de óculos quase avó...rs, mas já achei ridícula.
Suspeite mesmo, porque não foi o Duda Mendonça o "mentor" da campanha, e sim o Washington Olivetto da W/Brasil e que, aliás, nunca havia feito propaganda eleitoral antes. Outro nível, outro nível. Eu gosto, mas fico aflita, com aquela da abelha no ouvido... aiiiiiii!!

paulinha disse...

eu adoro politica...
lembra naquela epoca que estourou o mensalão e toda quarta-feira tinha uma mesa de discussão chamada: as meninas do Jô??
eu aprendi tanta coisa!!
o brasileiro é ocrrupto em sua natureza, ele tem um baixo poder de decisão, não conehce leis, resumindo : é ignirante.
e não vem me dizer que o governo que cria pessoas igniorantes, pq isso não é verdade!!
não é vantagem para nenhum estado de direito, democratico e pleno, ter uma população que destroi praças, lixos, avenidas, transporte!!
acontece que o povo é acomodado mesmo!!
e sempre acha que o outro que deve fazer!!
governo nenhum consegue admionistrar tudo, ele tem que ter a população sempre vigiante!
e me parece que o povo não entende nada..
primeiro: ideiologia politica, o candidato pode não prometer nada, mas ele tem que ter objetivo!!
e vamos parar de colocar a culpa no povo das favelas do rio.. eles são como os nordestinos, voto de cabresto, e a culpa não é deles!!
a milicia manda, vc obedece, até eu faria isso, eu tenho amor no meu pescoço!!

paulinha disse...

politica é objetivo. por isso que o americano tem dois partidos politicos somente, é como sim e não, verdadeiro , falso, cisa facil de entender..
o brasil ta entupido de partidos e ninguem sabe de onde ele surgiu, quais suas lutas, os ideias..
o pt tem um historico de muita burrice, de trafico de influencia..
PMDB é o partido da posição, se subir PT ele apoia, se subir PSDB ele apoia.
e o povão não sabe disso!!
Zé sarney esta ha 50 anso no poder, e ele sempre apoia a situação!!
e ele é de um estado e é eleito asenador de outro estado..
e continua ganhando..
ele ACM e tantos outros!!
poolitica não é suja ela é burra, muito burra

paulinha disse...

os publicitarios são os caras mesmo!!
tanto é que são envolvidos nos maiores escandalos de roubalheira...
W. oliveto é um idiota, mas é um idiota com influencia, oportunista e bem dos espertinho!!
adorei as campa nhas..
a da abelha é nojenta..
a do sapateado é super engraçada..
a da mulher andando em circulos, tem sentido, o do choro é ridicula..
a melhor mesmo é do cometa, que demora muito tempo!!!

paulinha disse...

sobre as eleições americanas, é muito complicado opinar!!
pq a gente não vive o contexto histórico..
Bush é um imbecil, patrocinou uma guerra, matou americanos, muitos jovens americanos e agora eles querem colocar um cara do mesmo partido no poder..
para mim não tem politico mais simpatico do que Bill Clinton, mesmo depois do escandalo sexual..
eu gosto mais do estilo democrata, mesmo achando que eles escolheram mal o Obama..
eu até gosto dele, tirando o fato dele falar que a amazonia é a patrimonio da humanidade..
mas o americano médiom, que é a maioria que vota, é um cara a la homer simpson, muito ignorante!!
ele vai roer a corda e não vai eleger um negro!!
o fio entre a relação pacífica entre as raças, nos EUA é algo tenue, e muito complexo de se analisar!!!
eu sei que é algo que se Luther King estivesse vivo, ele ficaria bem triste!!
o negro, o hispanico, o latino é tratado como uma sub raça, um lixo humano, mas a economia americana precisa dos imigrantes, até dos ilegais..
portanto, Obama não se elege, talvez Hilhary tivesse mais chances

Rosana disse...

Eitaaaa Paulinha, arrasou!
AdoUro os seus comentários políticos. Eu assistia às meninas do Jô, nem sei se aprendi muito, pois tenho, confesso, uma certa dificuldade de compreender política.
Concordo com isso do povo que vota sim, por medo... é difícil ser verdadeiro com a arma no pescoço.
Mas cê também tá confundindo o Olivetto, ele é do bem, viu? o outro, o Duda é que é o do mensalão.
E isso do Sarney é verdade, o homem não sai de lá, mas o melhor foi o PMDB ser o partido do governo: sempre... hehe

Thiago disse...

a única coisa que tem de engraçado nisso tudo, são as propagandas das eleições, do atraso na escolha do candidato errado hahahahaha ! No mais.. tudo mesma coisa!