domingo, 20 de março de 2011

De tempo (falta dele) e outras coisas...

Ando numa correria só, uma correria boa, digamos assim. Parece que papai do céu desenhou o tempo de 2011, para mim, dum jeito até bonitinho...
No início do ano, e em meio à reforma, eu estava com dois trabalhos da senzala intelectual (SI) capengando. Um deles foi oficialmente interrompido e o outro encerrado.
E aí, eu me vi e vivi intensamente na senzala doméstica (SD) em meio aos panos de chão, rodos e afins, como já falei por aqui. E ó... eita SD para me cansar. No que anoitecia eu me deitava. Tá, eu me levantava depois porque ninguém que é Rosaninha Tibúrcio sobrevive sem assistir TV: novelas, jornais e BBB. Arráááá, sim!!!
No que meus meninos foram embora, eu comecei a ensaiar uma organização estilo, cada coisa em seu lugar, mas bastante preocupada - por que não dizer, desesperada? com a falta de serviço e, consequentemente, com a falta da grana. E eis que surgem, ainda bem, alguns trabalhos da SI só que, dois deles, pra ontem. E aí? Cadê tempo pra vadiar na internet? Nada né?

Mas o que eu dizia de papai do céu, lá na primeira frase, era justamente me referindo ao fato de que... se esses trabalhos tivessem aparecido quando da SD eu tava mais era ferrada. Seria impraticável viver. E precisava trabalhar, sacumé? Ou alguém já conseguiu receita pra viver sem NENHUMA grana? Favor me ensinar.

Nesta semana eu TENHO que terminar dois desses trabalhos. E prossigo com um terceiro mais na maciota... mais do jeito que precisava ser em todos eles: uma orientação no tempo adequado, tempo para um bom pré-projeto, projeto, monografia e fim.
Assim deveriam ser todos os trabalhos acadêmicos que oriento, formato e reviso. Mas nunca é.
Há mais de dez anos trabalho com isso e, francamente, em cada um dos anos há, no máximo, cinco acadêmicos que lidam com suas produções do jeito que deveria ser. Que venham mais de cinco este ano papai do céu, já que você resolveu cuidar de mim num ano em que há tantos sofrendo por aí, eu bem sei... mas eu tô feliz.

E nesta semana espero cuidar do Outras trilhas com um novo "projeto", por que não dizer, uma nova série?
Inté!

3 comentários:

Jéssica Amorim disse...

que bom que casa "S" tanto a D quanto a I então cada uma no seu tempo, proce nao enlouquecer nem ficar sem grana rs.
Proximo semestre é a minha monografia =)
bjos.

Rosana Tibúrcio disse...

Bonitinhaaaaa... e você vai brilhar, tenho certeza. Eu de cá, dando força.

Palmitos e Cogumelos disse...

Espero que a nova série venha logo! (apesar de saber que é um sintoma ehehheeh) - QUASE KKKKK