terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Lealdade



A lealdade me pega... ou melhor, o leal me pega de jeito. Sou capaz de tudo por um leal: amigo, amor, amante, colega de trabalho, não importa. Essa é a raça que amo: a dos leais...
Ao lidar com pessoas assim eu fico totalmente à mercê, fico livre de qualquer medo e me entrego pra o que der e vier.
O leal não procura levar vantagem, pequenas ou grandes; não fica à espreita esperando o outro errar para se aproveitar de oportunidades decorrentes desse erro; não briga por conta de um mísero telefone, na hora da separação... e por aí. O leal não é mesquinho.
Eu tinha uma ex-colega de Banco e também amiga, das melhores de minha vida, com quem não falo mais e sei que ela é leal a mim; assim como sou a ela. Defendo com unhas e dentes se for preciso; só sei elogiar quando dela falo. A amizade pode não existir mais, mas a lealdade ficou intacta.
Agora, quando se descobre que aquele a quem considerávamos leal não é mais ou nunca foi... owww dói mais que a infidelidade. Juro.
Já falei disso aqui um dia. De um ex-leal. Como me entristeci ao descobrir meu engano (mas isso já foi tema de outro post).
A lealdade é amparo, abranda o coração e, pra mim, está acima de qualquer outra qualidade que eu queira encontrar nas minhas gentes: amigos, amores, amantes, colegas...
É só ter... que você me tem...
...

7 comentários:

Taffarel Brant . disse...

Lealdade também me pega de jeito!
Beijos.

Helô disse...

Que belo texto D. Rosanita! Lamento decepcioná-la, mas por muitos anos não pude e não consegui ser totalmente leal e transparente. Mas isso tá mudando. Tenho chance? Bjs

Taffarel Brant . disse...

Achei a fotinho lindíssima!

Rafael Freitas disse...

Nossa, mainha... Eu não tenho sido muito leal nos nossos emails, né?!
Sorte que a sra não é mesqinha e "não briga por conta de um mísero telefone"!
rs

Rosana Tibúrcio disse...

Bate aqui, Taffa.

Helô, não te vejo assim, viu?

Rafa, larga mão de ser rEdículo...

beijos moçadinha linda!!

Rosana Tibúrcio disse...

Ah, Rafa, te ligo hoje, podexá... hehehe

Rosana Tibúrcio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.