terça-feira, 10 de novembro de 2009

"U"ltimato


A partir de segunda-feira agora, 16 de novembro, dia em que eu faço mais um ano de vida, declaro, para os devidos fins e de forma irrevogável, que:

1. vou excluir seu e-mail - você aí que só me manda corrente e mensagens políticas chatas, imbecis pensando que não sou capaz de formar minhas opiniões a respeito desse e de outros assuntos.
2. não quero mais te ver nem ouvir as mesmas histórias que você transformou, a seu bel-prazer, como verdade absoluta. Fazfavô, isso de fazer de um “a” um “blábláblá” me cansa.
3. só eu, na verdade, sei o sal e a pimenta que como, por isso não me venha com receitas que dão certo (pra você), tá bom?
4. horário é pra ser cumprido, chegou atrasado, não atendo.
5. calor é pra ser vivido e não pra se morrer de... Portanto, senhor dos tempos, mande um tempo bom pra mim que tô farta desse.
.Resumindo, a partir de meu novo ano eu quero mais é viver numa boa, livre, sem nenhum tipo de aborrecimento: de pessoas ou de tempo.
Ah, se eu pudesse, o ultimato tava dado e, sobretudo, acatado.

4 comentários:

umdiasereieumesma disse...

E tenha dito! Bjs

Taffarel Brant . disse...

é isso aí!

Rosana Tibúrcio disse...

Cês não ficaram com medo de mim não, minhas gentes.

Aliás, Taffa, quinta-feira, 8 horas, tá? hahahaha

Rafael Freitas disse...

Pimenta nos olhos dos outros é refresco!

(total contexto. rs)