sábado, 1 de agosto de 2009

Eu não sou poste

Precisei consultar uma agenda de 2006 e nela encontrei um recadinho que deixei pra mim mesma. Sim, minhas agendas mais se parecem um diário. Tem porrada de coisinhas anotadas por lá e meio que em código e numa letra horrível. Portanto, que ninguém ouse vasculhá-las porque nada entenderão (tá, eu não presto).
Pois bem, esta anotação indicava uma ligeira irritação por parte de uma "amiga" que havia me confidenciado suas preocupações.
Eu me lembrei exatamente do ocorrido e de como as pessoas, às vezes, desabafam suas dores e dúvidas e esperam de mim uma resposta tal e qual desejam.
Mas nem sempre é assim.
E se a resposta ou sugestão não for a esperada??? Pode ser que o "amigo" me ache invasiva e até se afaste. Foi o que ocorreu com essa "conhecida". No que eu disse algo indesejado, não mais servi como confidente. Eu me lembrei também de ela escrever num e-mail que estava só desabafando, que não queria minha opinião.
Faz favor, eu não sou poste, parede ou muro!!! Até me faço disso vez ou outra; mas só quando eu quero.
Sempre haverá aquele que me achará invasiva, até petulante, caso não ouça de mim o que desejaria ouvir. Se tem resposta pronta pra suas dúvidas e conflitos pra que alugar meu ouvido, usar meu tempo, não é mesmo?
Inda bem que a vida vai cuidando de me afastar de gente assim e hoje, graças a Deus, os que me confidenciam suas histórias sabem bem que jamais vou me fingir de morta apenas para agradar; eles confiam e gostam de mim, assim como sou: sincera.
Sempre digo àqueles que acabaram de me conhecer e que, por alguns momentos, me acham bacana, compreensiva: "não sou doce, sou uma chata". Mas também não sou má e, muito menos, um objeto inanimado.
Não querem reação verdadeira? Que procurem outros ouvintes e me deixem na minha pra usar meus ouvidos e boca com quem merece minha amizade e afeto.
.

3 comentários:

UM DIA SEREI EU MESMA disse...

"Não sou doce. Sou uma chata".
Será que você não me disse isso porque nosso encontro durou só um flash? Mesmo que tivesse dito, eu não acreditaria.
Bjs.

Moça do Fio disse...

Êita! Você quando quer, diz umas "verdades", hein. Entendo o que sente. E concordo com tua reação.
Há pessoas que nos contam coisas e que se reagimos diferente do que ela quer, se chateia. Mais essa, né?


Beijo.

Rafael Freitas disse...

Não é porque a sra é chata que a sra não pode ser doce, uai. rs

Chato é esse povo que pede conselho e tals querendo que a gente adivinhe o que querem ouvir.