sexta-feira, 6 de março de 2009

Daninha...

Daninha nasceu em 1975 (o apelido, não a pessoa) e dos que já tive e tenho foi o mais lindo da minha vida. Ele me foi dado pelo então agora meu ex-marido, na época namorado.
Daninha sempre me soou carinhoso, único, apaixonante, forte e me acompanhou por todo o namoro, noivado e casamento.
Acabou o casamento, acabou a Daninha. Estranho, né? Mas acabou. O apelido que dei a ele ainda permanece (mas isso é tema pra outro post).
E Daninha foi gravado na aliança dele, em jogo de lençol, nos cartões e discos, em nossas vidas... em minha vida: gra-va-do.
Alguns piadistas, pra não dizer invejosos (como há gente de olho gordo da felicidade alheia – ó céus), costumavam mencionar que o apelido que me foi dado pelo Dedé não vinha de Rosana, Rosaninha, Zaninha... ; que daninha era porque eu causava danos, porque eu era uma "erva daninha", na vida dele, algo que não prestava.
Nunca vi assim... ria, ríamos disso...
Mas hoje não estou mesmo prestando, quer dizer, desde ontem eu não estou muito bem, estou “danificada”.

Tive, há dez dias mais ou menos, uma bronquite hemorrágica - nome feio, mas a doença nem tanto, diz o médico - e pensando já curada voltei ontem lá pra revisão. O especialista pediu pra que eu repetisse parte do medicamento, tudo bem... Mas no que cheguei em casa eu desmoronei... passei um mal sem precedentes.
E pra quem estava soltando fogos de alegria porque bem de saúde e conseguindo trabalhar diretão foi duro me sentir apática, na cama sem conseguir fazer nada, nem vir aqui postar, ler... ou mesmo continuar o trabalho.
E Rosana, hoje tão Daninha, volta lá daqui umas duas horas pra ver no quê vai dar...
Espero voltar sem dano algum e continuar com as historinhas de quem conheci um dia e gostei de saber...

13 comentários:

Jéssica Amorim disse...

Daninha de erva-daninha? Ódio... palavrão pra esses fdp invejosos. Obvio, claro e evidente (e redundante) que não era por isso.

Logo logo estará 1000% bem viu. Continuo rezando pra isso.

Beijos.

César Tibúrcio disse...

Daninha é algo resistente também. Não é qualquer coisa que acaba com ela...

César

Moça do Fio disse...

Estou maravilhada com a sua persistência. E feliz por saber que você escreve, que faz o que gosta. Faça isso sempre, ajuda a desanuviar.

Desejo que sua saúde melhore. Você é uma querida.

Abraços de muito carinho.

PS: Grata pelas palavras no post. Elas acalmam meu coração.

Jonas Arrabal disse...

Oi. Vi o seu blog na lista de blogs de um amigo, A escada. Entrei bisbilhotando, rs, e gostei do li. Gostei da sua escrita. Permissão para continuar bisbilhotando...

Abraços

Flávia Jorge disse...

ô querida, estou aqui na torcida pra se reestabelecer e tomara que já esteja melhor... vai com calma pra pegar no batente aí, hein...
achei Daninha carinhoso...
bj.

¢Luana disse...

Daninha de ''erva daninha''?
DHASJDHASKDLUHSKDHSKUDHSALKUDHAS
NOOOSSA, neeem comeeento.
ô Daniiinhaa, melhoooras pra você aí!
Beijãão.

LauraReis. disse...

daninha, danadinha!

Rosana Tibúrcio disse...

Jéss, viu só o que é a inveja? Até posso ser uma erva daninha, mas não naquele tempo e situação...rs
Obrigadaa que me ligou, fiquei feliz, feliz... e vou ficar boinha, ahhh vou!!

César, bom te ler aqui e ler o que li...!

Moça do Fio, obrigada, inda não boa, mas com alguns exames feitos, outro na segunda e ainda, na segunda, volta ao médico pra ver o que foi e é... Obrigada

Jonas, que vem da escada tão bela de Rafael. Volte sempre, e continue bisbilhotando, adorei. Passo no seu blog depois.

Flávia te mandei e-mail contando do exame que fiz ontem à tarde. Tomara dê tudo certo. obrigada

Luuuuuuuuuu, sua sumida. Inda com algumas dores, mas já já fico nos trinques, beijos

Beijos a todos.
E não consigo postar hoje, penso.

umdiasereieumesma disse...

ONde eu estava que não percebi ou soube que vc estava doente???
Não importa, a partir de agora meu pensamento positivo estará focado em vc. Bjs cheios de saúde pra vc.

Flávia Jorge disse...

cadê mesmo a moça dona desse blog?
preocupada por aqui, Rosaninha...
bjao.

ARCANO disse...

Voce consegue fazer as palavras serem muito mais do que isso!

Rosana Tibúrcio disse...

Flávia, tô voltando, tô voltando... quem sabe consigo postar amanhã. Já que um pouco melhorzinha. Obrigadaaaaa

Bom te rever, Arcano...

beijos gerais, moçada.

rafa disse...

Nossa!
Eu podia jurar que já tinha comentado aqui...

Tem alguns danos que ainda insistem em te atrapalhar aí, hein mainha?!