quinta-feira, 28 de agosto de 2008

A heroína de cada um

Eu fico encafifada com aquelas mulheres que são donas-de-casa e ainda trabalham fora. As que têm marido e dizem que eles até são bons e "ajudam" nas coisas do lar e com os filhos. Outro dia me contaram sobre a vida de uma delas e a pessoa terminou a narrativa assim: "nossa, acho D.G. uma heroína".
Eu nunca serei uma dessas heroínas, porque apesar de ser dona-de-casa e "trabalhar fora, em casa" eu abomino ser tudo isso, inda por cima sem marido pra "ajudar". E quando eu tinha marido em casa que "ajudava", eu trabalhava fora "fora" e havia auxiliares na residência.
Eu gostaria mesmo era de só cuidar da senzala intelectual, nem precisava ter marido. Se bem que homem faz uma falta do caralho. Tem uma lâmpada ali pra arrumar, uma TV pra carregar e mandar pro conserto, sem falar naquelas coisas.
Bom... se bem que praquelas coisas há mulheres que reservam amigos só pra isso. Até já falei delas em "Eu me divirto".
Essas sim, são minhas heroínas!!!
.

7 comentários:

Anônimo disse...

Oi Rosana, leio "anonimamente" por motivos inconfessáveis rs seu blog, mas ri tanto com o texto "simples assim" porque é assim que vejo, você é de uma inteligência indiscutível, uma sensibilidade incomparável nas palavras e o povo adooora encher de rococó os textos e quando vê a gente nem riu nem entendeu (odeiooo pseudo-inteligencia-frescurite, ja os seus são com esses pitacos sarcásticos, bem humorados, críticos e que nos ultimos 2 anos eu me divirto lendo!!
Beijos!!
Parabéns!!

Rosana Tibúrcio disse...

Má-quê-chiquê, eu tenho uma leitora ou um leitor anônimo... urúúúú. E há dois anos!
Morram de inveja blogueiros!!!
Adoro coisas inconfessáveis e a curiosidade corrói, sabia, né?
Seria melhor me contar porque eu tenho gastrite.
.
Agora, "rococó", foi TUDO!! Há tempos não lia essa palavrinha.
Obrigada eu, e beijocas também.

paulinha disse...

Rosanitaaaaaaaaaa
que saudade de voltar aqui no outras trilhas!!
a gente conversou tanto sobre isso na sua casa .....
eu tb acho que a gente tem que ser a gente e não virar martir.. heroina, querer fazer mil coisas e chegar a uam certa idade e ver tanto sacrificio, tanta lagrima
e para consertos, chame aqueles maridos alugados.. e a Narcisa é otima, que bom seria que todas as mulheres tivessem esse tal amiginho

Rosana Tibúrcio disse...

A minha amada Paulinha reapareceu aqui. Que linda, que linda dela.
É isso mesmo Paulinha, heroína a piiii...
Quero mais é ser bem normal, comum e dar muito beijo na boca e falar de amor. E se não der, desejar dar... urúúúúúú
E viva nóis!!

Genisvaldo Reis disse...

Rosana herois e heroinas são idealizações daqueles que fazem pouco, mas aqueles que tem Secrets admirators, pô! esses(a)sim, são. Ainda por razões inconfessáveis!!! demais.

Admiradora Haline disse...

Mas depois desta declaração o blog de Rosana não será mais o mesmo.
Admirador(a) secreto do seu blog?! Isso é máximo!
Por mim começaria aqui uma lista de prováveis suspeitos, pq eu não tenho gastrite mas crio uma de tanta curiosidade! hahahahahaha

Quanto ao post, deixa eu comentar pq vim aqui pra isso, não é mesmo minha gente? (essa fala é de alguem! rs)
Ainda não sei quem é minha heroína: Há um tempo atrás diria Narcisa na lata, mas agora que estou com "lardocelar" e com meu marido para ajudar, fiquei na dúvida.
Mais pra frente eu decido o que é melhor! Hoje em dia não tenho condições, nem bagagem... (rs)

Namastê Rosana!

Rosana Tibúrcio disse...

Viu só, Genis? Ah, vou pensar no valor que darei - adoUro!!!
Haline, sua danada, adorei seu comentário, viu só? E você está em lua-de-mel, aproveite, tudo é festa e não deixe o mel acabar, nunca e aí sim, você será uma das minhas heroínas, nem precisa do amigo, cê já tem seu homem: que ele seja bom, usando todos os seis sentidos...
Seriam 5? hahaha
beijos moçadaaaa