segunda-feira, 10 de março de 2008

Mangar é bom

Quando eu era mais nova (já fui, podem acreditar) e morava num internato (sim, por isso sou traumatizada) uma das irmãs de lá - a tal superiora - me disse mais ou menos assim: "Rosana, pára de zoar dos outros e de você mesma. Você precisa ser mais séria para enfrentar a vida."
Sábio conselho, sábia eu fui: não segui o tal.
Minhas gentes, não fosse esse meu jeito de zoar (reaprendi o tal mangar com meu filhote Rafa) eu tava frita, pra não dizer, perdida.
Adoro zoar de mim mesma e dos outros - eu confesso.
Tem uma moçada de hoje que é mal-humorada pra caramba... owww dó.
Tivessem que viver uma segunda-feira da Rosaninha Tibúrcio - dessas como a de hoje, com direito a senzala intelectual e doméstica - não suportariam, por pura falta de senso de humor.
Mangar é bom, moçada!!!
.

2 comentários:

marcella rarumi disse...

tem gente que passa pior, rosanita. você tá no lucro com o tal senso de humor. procuro tê-lo sempre. mas confesso: anda difícil. acho que preciso me aprimorar em meu exercício de paciência, pq tá difícil. sinceramente, me acho nova demais pra ter que enfrentar certas coisas. affe, ow. ninguém merece, nem eu e nem qualquer fulano de qualquer idade. isso me irrita.

no mais, me diga quais são os palpites pro paredão, pq esse eu quero ver.. hehe

beijos tantos!

rafa disse...

Mangar da gente memso faz parte tb, né?!
hehe

Senso de humor é tudo. Quase que uma filosofia de vida. E que só ajuda a ser melhor!
beijo, mainha!!!