segunda-feira, 30 de julho de 2007

Férias versus compromisso


Decidi: vou tirar férias sim, oras, eu preciso/mereço. Estou, literalmente, exausta.

E assim à toa - quer dizer um tanto à toa, pois há que se comer, por exemplo - eu estou e pretendo ficar até dia 31 de julho, quer dizer, até terça-feira.
Só que o meu lado "sério" se sente culpado, pois sei que há serviços ali, na mesa, me aguardando; sei que há roupas sujas no cesto; que há uma garagem suja e plantas sedentas de água. E eu aqui, vagabundando...

É nessas horas que eu não gosto de ser minha própria chefe. Eu fico 'reparando' a Rosana folgada e por inúmeras vezes, quase digo: "vai trabalhar, mulher, vai trabalhar, vagabunda"

6 comentários:

um alguém disse...

algo meio burocrático, tipo começar as coisas no início do mês.. aquele ar de renovação própria.. é isso? rs
eu sou noiada com isso, uó.
beijos, sá, toda atenciosa com a minha pessoa. (vi que deixou vários comentários, ou lá ver!)

um alguém disse...

Então, meninos e meninas, dêem seus pitacos, mas com calma, pois sou moça sensível...rs


(poquei de rir disso, agora)

Luiz disse...

Hmmmm... pessoa com dupla jornada, precisa mesmo é viajar. E se dar um tempinho num hotel onde todos façam tudo por você. rsrs.

rafa disse...

Exagerada!!!
Vagabunda nada! A sra merece, pelo tanta que trabalha!

Vê se num fica dodói de novo, hein?!
hihi

Rosa que sana disse...

Adoro meus lindos aparecendo por aqui.
Ai, que turma do bem, graças a Deus!
beijos pessoas do deixa-pra-la...

Paula disse...

Ai terei que ensinar vc Rosana a não se sentir constrangida em não fazer nada, é super divertido..

chega uma hora que vc cansa de ficar parada...

hehehheheheh

beijãoooo

e um dia so de ferias, nem é tão bom assim, ja imenda 15 dias