quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Mais uma mania inexplicável

Como se não eu não tivesse já muitos TOCs e manias, devidamente catalogados, eis que me dou conta de mais um. Por que mania é assim, acabo de crer: não se conta nem se explica.
Quer dizer eu vou contar. Aquele contar de narrar, tenderam? Mas ó, sem ser preciso muita explicação porque ai a coisa complica.
.
Quando eu lavo os banheiros da casa - não lavo todos todo dia mesmo e daí? Afinal, dois banheiros pra duas pessoas (há um terceiro no terreiro, mas ele é papo pra outro post...), sendo que uma delas passa a maior parte do dia fora de casa, pra que né? Ser escrava não é mesmo minha praia. Afinal, senzala doméstica é a maior fedaputagem que já inventaram na vida e só tô nela porque não há como fugir, ou faço ou vivo na sujeira e desorganização...
Deixando as explicações de lado (como se isso fosse assim, tão fácil), vamos lá... 
.
Quando lavo o banheiro das meninas eu não faço uso deles nem pra lavar minhas mãos. Penso assim: tão gostoso pegar um banheiro cheirosinho e limpinho, né? Só que eu não sabia que isso era tão levado a sério. Descobri hoje que a coisa é feia.
.
Lavei só o banheiro das meninas e, pra fugir da bagunça, poeira, sujeira do resto da casa em reforma, o que fiz? Fechei a porta do dito cujo. 
Eis que o moço que veio organizar a rede elétrica da casa, arrumar as lâmpadas e blablabláss entra no banheiro com o nosso chefe maior o "seu Adolfo"... 
Até aí tudo bem, era só uma escada com eles, as lâmpadas e pronto, já já tudo iluminadinho e do jeito certo. 
Foi? Mágêntê... 
.
Quando entrei no banheiro, antes organizadinho-limpinho-cheirosinho, vi meu chão com vários rastos de sapatos sujos de cimento e pingos de água; uma ferramenta horrorosa na pia... eu mais parecia uma galinha chocando os pitinhos... só não dei piti porque a minha turma é muito gente boa, mas reclamei tiquim e, claro, provoquei inúmeras risadas, porque o que mais fazemos aqui é rir... 
.
Mas devo confessar que meu riso era, também, meio de nervoso porque identifiquei mais esse TOC. Fala sério, muito mais que cuidado com minhas filhas esse papo de deixar banheiro limpinho pra elas usarem antes de qualquer outra pessoa é sim, mais uma de minhas inúmeras, incontáveis e inexplicáveis manias...

4 comentários:

deusadovinho23 disse...

E eles não tiveram tempo para fazer um pipizinho na tampa?hahah

Jéssica Amorim disse...

Não sei se isso é só mania ou também aquele excesso de zelo que só mãe tem e é lindo. Minha mãe faz EXATAMENTE a mesma coisa.

Taffarel Brant disse...

Eu também tô nessa de deixar o banheiro limpo. E vou mais além, pois tenho três essências que uso em locais diferente do dito cujo: o "Veja Lavanda", que vai no chão deixando tudo cheirosinho, a essência de eucalipto, que vai no vaso para tirar aquele cheirinho de pipi (que muitas vezes fica, mesmo depois da descarga) e um spray "Lembranças da Infância", que tem um cheiro não sei exatamente de quê, mas que achei uma delícia e saio sprayando no banheiro inteiro toda vez.

ô delicia.

Rafael Freitas disse...

Como se a sra já não tivesse um número suficiente de manias, né?!
rs