terça-feira, 13 de outubro de 2009

"G"arotinha


Já fui uma garotinha um dia, podem acreditar. Eu era tímida, pudica (inda sou... rs), magricela (ohhh, népussível, uns dirão; fui sim, responderei) e crente que na vida o negócio pra dar certo era assim: rezar e pedir pra Deus tomar conta.
Mas num é que, vira e mexe, eu encontro uma ou outra pessoa que tenta atrapalhar minha trilha? (Mas isso é papo pra outros posts).
Hoje quero só acarinhar a garotinha que fui um dia. Há resquícios dela ainda em mim, graças, também, a Ele. Só por isso é que não perco minha esperança nesse mundo em que há pessoas que já nascem e permanecem velhas, chatas e más, como também há as que são éticas, afetuosas e boas (indaaaa bem...).

Um feliz e atrasadinho Dia das Crianças pra mim e pra quem é do bem e me quer bem.

4 comentários:

Taffarel Brant . disse...

Haha! feliz dia das crianças, môbem!
adoro você dum tantão 'enolme'.

milbeijos!

Priscila disse...

"Hoje quero só acarinhar a garotinha que fui um dia."

Lindo, lindo, lindo!!!!

bjos!!!!

Rafael Freitas disse...

Quem sabe a sra ainda é uma garotinha...
rs

LauraReis disse...

o rafaael é brega.


e sim, você ainda é uma garotinha.
ou pelo menos fala como uma.
não, eu não quis dizer que você diz que se alimenta de uma. eu..
entendeu né?