quarta-feira, 23 de abril de 2008

De anos...

Este mês foi "aniversário" de lembranças boas.
Há 33 anos eu comecei a namorar quem depois virou pai de minhas filhas.
Ri muito no dia do níver e contei pra minha pititinha que sempre perguntava ao pai dela, quando ele "fingia" esquecer tal data: "que dia é hoje??" e ele: "dia do índio". Por muitos anos dei muitas risadas nesse dia. Hoje e, no dia específico, deu saudade boa...
Acho bacana isso de saber que o tempo não destruiu o que de mais lindo eu sentia e sinto pelo Sr. meu ex-marido: "amizade".
Consegui cultivar esse sentimento de uma forma extremamente bela e essa sensação é a que mais me acompanha: de que valeu muito a pena tudo que vivi com ele, os longos anos de namoro, os de casamento e agora, os infinitos anos de uma linda e generosa amizade.
Há quem não acredite, mas nós, os envolvidos - e aqui incluo não só as nossas filhas - sabemos e sentimos!
Parabéns às minhas boas lembranças!!!!
.
.

3 comentários:

rafa disse...

Eu tinha tanta coisa pra comentar, mas rindo demais da sra ter casado no dia do Índio!
E ainda de óculos!

hahahahahaha

rafa disse...

Mas hj não é dia do Índio, né...
Ai!
Me deixei levar pela emoção do momento!

hahaha

Euzinha, a maluca disse...

Eu nem me casei no dia do índio, foi o dia que eu comecei a namorar. Eu era chique, benhê... comemorava data até de namoro...
Eu me casei dia 30 de junho... e sim, de óculos...
ahahahhahaa
Eu sou uma piada!!